[Resenha] Os Reis do Bourbon #1 | J.R.Ward

22/02/2017

Por gerações, a família Bradford foi coroada como magnata da capital mundial da produção de bourbon, no Estado norte-americano de Kentucky. A fortuna permanente lhes proporcionou prestígio e privilégios bem como a divisão de classes, conseguida a duras penas, na vasta propriedade familiar, a Easterly. No topo dela, há uma dinastia que, para todos os efeitos, joga de acordo com as regras da boa sorte e do bom gosto. Na base, os empregados que trabalham sem parar para manter impecável a fachada dos Bradford. E nunca os dois lados deverão se encontrar.
Para Lizzie King, a jardineira-chefe, cruzar essa fronteira quase arruinou sua vida. Apaixonar-se por Tulane, o filho pródigo da dinastia do bourbon, não foi o que pretendia, nem o que desejava, e o rompimento amargo só provou que seus instintos estavam certos. Agora, após dois anos de afastamento, Tulane finalmente retorna para casa, e traz consigo o passado. Ninguém sairá ileso: nem a bela e insensível esposa de Tulane; nem seu irmão mais velho, cuja amargura e rancor desconhecem limites; tampouco e especialmente o patriarca, um homem de pouca moral, ainda menos escrúpulos e muitos, muitos segredos terríveis.
Enquanto as tensões familiares profissionais e particulares florescem, Easterly e todos os seus habitantes serão lançados nos domínios de uma transformação irrevogável, e somente os fortes sobreviverão.

Os Reis do Bourbon | Universo dos Livros | Páginas: 431 | Nota: ★★★★  (4/5) 






Sou fã da autora, para quem não sabe ela é a autora da série a Irmandade da Adaga Negra. Sou Loka por aqueles vampiros sexys uiui...
Quando fiquei sabendo sobre esse livro, logo tratei de coloca-lo na minha pequena listinha.
Mais uma vez a autora nos surpreende com uma estória envolvente e intrigante. Neste livro ela apresenta praticamente todos os personagens da série. E olha que tem personagens viu. No começo achei um pouco confuso, mas depois a coisa flui.
Aqui vamos conhecer Lane, o filho playboy que não se interessa pelos assuntos da família. Após passar dois anos longe da família, ele acaba retornando por conta de uma emergência com Dona Aurora, a pessoa mais importante em sua vida, "sua mãe postiça".
E com esse retorno ele reencontra Lizzie, seu grande amor, que trabalha de jardineira na mansão da família dele. Após esse reencontro Lane decide tomar as rédias de sua vida e recuperar o tempo perdido.
Assim ele acaba pedindo o divórcio para Chantal sua suposta esposa, que vive sem o marido na mansão. Mas nada parece fácil e com essa família tudo pode acontecer.
Poder, dinheiro, corrupção, segredos...tudo esta interligado e isso pode ameaçar esse Império.


Narrado em terceira pessoa, os capítulos são intercalados pelos irmãos da Família Bradford. Recheado de muito drama, intrigas e conflitos, este primeiro volume conseguiu me prender do inicio ao fim.
Mas já adianto que o final acaba daquele jeito....e o difícil é não ter o segundo volume para saber o que acontece. Segura essa ansiedade minha gente!!!
Mas tirando isso, a leitura é maravilhosa super recomendo.


De acordo com o Deadline a NBC, em parceria com a Endemol Shine Studios, vai transformar a história de Ward em uma série de televisão.
Daniel Rappaport, Ben Forkner e Marcus Blakely são produtores executivos. David Ranbo, co-produtor executivo, está escrevendo o roteiro. A série ainda não escolheu seu elenco e nem confirmou data de estreia.
Então aguardemos cenas dos próximos capítulos.










Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Google+

Já curtiu?

Instagram

A Loka do Livro - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados